Nosso trabalho

Estratégia de Pesquisa

A pesquisa desenvolvida pelo IPC-IG é rigorosa e interdisciplinar. A equipe de pesquisadores conta com economistas, demógrafos, cientistas políticos, sociólogos, antropólogos e especialistas em relações internacionais com o propósito comum de combater à pobreza e reduzir a desigualdade. Os programas de pesquisa são complementares em sua natureza e desenhados para alcançar uma ampla audiência por meio de programas de treinamento, serviços de consultoria, intercâmbio de pesquisadores e atuação em fóruns de discussão especializados.

 

Diálogo Sul-Sul

O IPC-IG contribui de maneira significativa para a promoção do diálogo Sul-Sul por meio de diversas atividades, como: i) compartilhamento de experiências de políticas inovadoras no Sul Global; ii) apoio a capacitação de formuladores de políticas públicas, profissionais da área de desenvolvimento e especialistas da ONU através de uma série de programas de treinamento; iii) programa de apoio a representantes de governos e acadêmicos de países em desenvolvimento; iv) organização de missões de estudo; v) contato com governos de países do Sul Global.

 

Áreas de Trabalho

 

Área 1: Proteção Social

·         Desenho e Avaliações de Impacto de programas de proteção social em países em Desenvolvimento;

·         Análise de políticas para a segurança alimentar e apoio à pequenos agricultores.

 

Área 2: População e Políticas Sociais

·         Assentamento humano, grupos sociais e equidade;

·         Padrões de Vida e Monitoramento e Avaliação de estratégias para a redução da pobreza.

 

Área 3: Aprendizado Sul-Sul – Gerenciamento e Compartilhamento de Conhecimento

·         Organização de visitas de estudo e seminários internacionais com foco em aprendizado Sul-Sul;

·         Apoio ao fortalecimento das capacidades nacionais de avaliação;

·         Plataformas e fóruns online;

·         Estratégias para engajamento e advocacy;

·         Programas de estágio e de pesquisadores visitantes.

 

Projetos em andamento

Desde sua fundação em 2004, o Centro vem fornecendo serviços e ferramentas para fortalecer as capacidades institucionais de governos do Sul Global, incluindo o Monitoramento e Avaliação (M&A) de políticas públicas.  As abordagens inovadoras utilizadas pelo IPC-IG giram em torno de três pilares: produção de conhecimento; compartilhamento de conhecimento, e fortalecimento de capacidades. Foram desenvolvidas soluções com decisores políticos e peritos, potenciando e reforçando capacidades e recursos humanos e institucionais. Os projetos em andamento em 2016-2017 estão listados abaixo:
 
Em Produção de conhecimento
 
 
  • Aumento das taxas de alfabetização em Maceió (AL), Brasil - este projeto fornece apoio à cidade de Maceió, capital do estado de Alagoas, na adoção de uma estratégia fundamentada em evidências com o objetivo de melhorar as taxas de alfabetização. Doador: PNUD Brasil; Parceiros: PNUD Brasil, Governo de Maceió e Ipea. 
 
  • Artigos de posicionamento estratégico para o Brasil - o projeto vai diagnosticar e avaliar os principais determinantes da pobreza rural, a situação das políticas fiscais e do desenvolvimento rural, bem como as consequências das mudanças climáticas  no Brasil, como foco no crescimento rural nas regiões Norte e Nordeste do Brasil. Doador: Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA); Parceiros: FIDA, Ipea e PNUD Brasil 
 
 
  • Promovendo compras locais de alimentos para a assistência alimentar no continente africano (Purchase from Africans for Africa — PAA África) - o projeto visa implementar o monitoramento e apoiar a avaliação do projeto: “Promovendo compras locais de alimentos para a assistência alimentar no continente africano — Purchase from Africans for Africa — PAA África”. Doador: Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA); Parceiros: PMA,  Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), o Governo do Reino Unido (Department for International Development  — DFID) e o Governo do Brasil (Coordenação-Geral de Cooperação Humanitária e Combate à Fome — CGFome).
 
  • O efeito dos benefícios da proteção social no crescimento e na igualdade - este projeto irá identificar e quantificar o papel dos benefícios da proteção social no crescimento inclusivo. Doador: Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE); Parceiro: Ipea
 
  • Monitoramento e avaliação do projeto do Programa Mundial de Alimentos de comunicação social e mudança de comportamento na província de Manica, em Moçambique - este projeto vai monitorar e avaliar um projeto inovador de comunicação social e mudança  de comportamento para melhorar a saúde e a nutrição de crianças na província  de Manica, em Moçambique. Doador: Programa Mundial de Alimentos (PMA) de Moçambique. Parceiro: PMA Moçambique.
 
  • Monitoramento e avaliação para os projetos do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) no Brasil - este projeto vai apoiar o fortalecimento e a estruturação das atividades de monitoramento e avaliação (M&A) de projetos do FIDA no Brasil e elaborar sistemas de monitoramento e avaliação para projetos do FIDA em curso no país, além de validar o sistema em plataformas online  para fins de acompanhamento. Doador:Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA); Parceiros: FIDA e Programa Semear. 
 
  • Apoio ao Programa Crianças nas Vilas Olímpicas: um projeto de inclusão esportiva — Nike - este projeto irá preparar um estudo de base sobre como as intervenções nas Vilas Olímpicas do Rio de Janeiro estão alcançando seus objetivos e resultados. Doador: Nike e PNUD Brasil; Parceiros: PNUD Brasil, Nike e Secretaria Mundial de Esportes e Lazer do Rio de Janeiro. 
 
  • Apoio técnico a iniciativas de proteção social sensíveis ao HIV e facilitação da Cooperação Sul-Sul - este projeto busca a facilitação de assistência técnica na documentação de experiências, bem como a criação, a promoção e a administração de uma comunidade online  sobre sistemas de proteção social  sensíveis ao HIV na plataforma online socialprotection.org. Doador: UNICEF; Parceiro: UNICEF
 
Em Compartilhamento de conhecimento
 
 
  • Portal de compartilhamento de conhecimentos sobre a proteção social (socialprotection.org) - a plataforma online e gratuita socialprotection.org O facilita o compartilhamento de conhecimento, a capacitação e a colaboração entre profissionais em matéria de políticas de proteção social entre governos, centros de pesquisa, organizações internacionais, ONGs e outras partes interessadas. Doadores: Departamento de Relações Internacional e Comércio do Governo Australiano (DFAT)  e a Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ); Parceiro: Social Protection Inter-Agency Cooperation Board  (SPIAC-B) 
 
  •  Brasil & África: combate à pobreza e empoderamento das mulheres por meio da Cooperação Sul-Sul — resultado 1 - este projeto visa a produzir conhecimento relacionado às questões de proteção social e gênero direcionado a formuladores e praticantes de políticas brasileiros e africanos e promover o compartilhamento de conhecimento entre os mesmos, contribuindo com os esforços de redução da pobreza. Doador: Departamento do Reino Unido para o Desenvolvimento Internacional (DFID); Parceiros: Agência Brasileira de Cooperação (ABC), Ipea, Ministério de Desenvolvimento Social  e Agrário (MDSA), ONU Mulheres, UNFPA, PNUD e PMA Brasil.
 
  • Apoio à Iniciativa Brasileira de Aprendizagem por um Mundo sem Pobreza (World Without Poverty — WWP) - o IPC-IG é co-fundador do WWP. Doador: Banco Mundial; Parceiros: MDSA, Ipea e Banco Mundial. 
 
 
Em Fortalecimento de capacidades
 
  • Brasil & África: combate à pobreza e empoderamento das mulheres por meio da Cooperação Sul-Sul” — resultado 2 - este projeto tem como objetivo fortalecer as capacidades de monitoramento e avaliação em Moçambique. O IPC-IG trabalha com a universidade mais prestigiosa de Moçambique, a Universidade Eduardo Mondlane (UEM), para alcançar este resultado. Doador:  Departamento do Reino Unido para o Desenvolvimento Internacional (DFID); Parceiro: Centro de Análise de Políticas (CAP), Faculdade de Letras e Ciências Sociais (FLCS) — Universidade Eduardo Mondlane (UEM).
 
  • Projeto e implementação de um curso de treinamento em proteção social em Luanda, Angola - neste projeto, o IPC-IG irá implementar o curso de treinamento em proteção social em Luanda e analisar os documentos relacionados ao projeto SIMSAP; apoiar o Governo de Angola para aprimorar política nacional de assistência social e seu arcabouço legislativo; e assessorar sua implementação. Doador: UNICEF Angola; Parceiro: Universidade Católica de Angola (UCAN). 
 
  • Curso em monitoramento e avaliação em Moçambique - o IPC-IG é responsável por projetar e implementar um curso sobre arranjos de monitoramento e avaliação para sistemas de proteção social em Moçambique. Doador: Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE); Parceiros: Ministério de Gênero, Criança e Ação Social (MGCAS), Instituto para Ação Social (INAS) e Instituto Nacional de Estatística de Moçambique (INE)
 
Para outras informações sobre nossos projetos, leia o Relatório de Atividades 2016 e relatórios anteriores do IPC-IG.
 
 

Impacto 

Desde sua criação em 2004, o IPC-IG já disseminou mais de 1.443 publicações de pesquisa que fornecem recomendações sobre diversos tópicos relacionados a estratégias de crescimento inclusivo, desde a revista Policy in Focus ao popular One Pager, passando por publicações mais técnicas como Working Papers e Policy Research Briefs

O Centro estabeleceu e consolidou uma rede global que abrange 189 países e alcança mais de 37.000 pessoas e organizações que trabalham com temas similares em governos, academia, Nações Unidas e organizações da sociedade civil.

 

Atualizado em maio 2017