Aprendizado Sul-Sul – Gerenciamento e Compartilhamento de Conhecimento

Todas as pesquisas conduzidas pelo IPC-IG contribuem para a disseminação e a divulgação mais amplas de ideias voltadas às políticas públicas, facilitando a troca de conhecimento entre diferentes países, pesquisadores e instituições multilaterais. Nesta qualidade, a troca de conhecimento também serve para equipar os formuladores de políticas públicas e especialistas em proteção social no desenho, na  implementação e no monitoramento de programas destinados a combater a pobreza e promover a equidade. As principais ferramentas são: 

 
  • Organização de visitas de estudo e seminários internacionais com foco no aprendizado Sul-Sul
O IPC-IG já recebeu mais de 40 delegações de países de baixa e média renda, como parte de missões de estudo focadas em políticas de desenvolvimento social. Representantes de cerca de 50 países em desenvolvimento participaram de conferências, seminários, workshops, e treinamentos. Mais informações e notícias sobre eventos passados e futuros podem ser encontradas em nossa Sala de Notícias
 

O objetivo dessa rede é de facilitar a troca de conhecimento entre países e parceiros interessados em promover as capacidades nacionais de avaliação de acordo com os compromissos estabelecidos durante a Conferência Capacidades Nacionais de Avaliação (National Evaluation Capacities - NEC), realizada em 2013. O trabalho é realizado em parceria com o Escritório de Avaliação Independente do PNUD (IEO).
 

  • Plataformas e fóruns online 

A plataforma socialprotection.org é um espaço dedicado a promover o aprendizado Sul-Sul no âmbito de políticas de proteção social por meio da criação de redes ativas e informadas para a troca de experiências, principalmente em países de baixa e média renda. O IPC-IG também presta apoio às Comunidades de Prática em Transferência de Renda da América Latina e na África
 

  • Estratégias para engajamento e advocacy

The IPC-IG has structured and consolidated a global network that covers 189 countries and targets policymakers, experts, government officials, academics, UN and civil society organizations. We use social media channels, such as TwitterFacebook and YouTube to engage with IPC-IG’s audiences, which is composed by UNDP Country Offices, Regional Centres and other UN knowledge hubs, bilateral and international organisations. The monthly Inclusive Growth Bulletin highlights new research key messages, learning resources and latest news on social protection policies.
O IPC-IG estruturou e consolidou uma rede mundial que abrange 189 países e tem como público alvo formuladores de políticas públicas, representantes de governos, especialistas, acadêmicos, as Nações Unidas e organizações da sociedade civil. Os canais de mídias sociais, como Facebook, Twitter, LinkedIn e YouTube, são utilizados para o engajamento com o público do IPC-IG. O Boletim mensal Crescimento Inclusivo em português destaca, bimensalmente,  as novas publicações lançadas pelo Centro, bem como notícias e ferramentas no âmbito da proteção social.  O Centro também publica newsletter em inglês (mensal) e em francês (bimestral).
 

  • Programas de estágio e de pesquisadores visitantes

Nosso escritório já recebeu mais de 70 alunos de graduação e pós-graduação como parte de nossa missão de produzir e gerenciar pesquisas inovadoras no Sul. Esses estudantes contribuíram para diferentes séries de publicações dentro das áreas de pesquisa do IPC-IG. Saiba mais como contribuir com o nosso trabalho por meio de atividades de estágio ou programa de pesquisador visitante.